VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

domingo, 30 de janeiro de 2011

Peixe nem vê-lo

Hoje lá fui para mais uma jornada de pesca para a zona do costume quando lá chegamos sonda-mos, sonda-mos, sonda-mos, sonda-mos e perguntei a malta “e o peixe?”, passado muito tempo lá encontramos um pouco de peixe no fundo e ai nem pensamos 2 vezes e vai já aqui, mas depois de muitas horas o peixe que entrou foi muito pouco ainda se contava pelos dedos, tentamos um pouco mais a sul em que ficamos por lá ate as 14h mas o peixe continuava escasso, sofremos para tentar meter algum peixe a bordo, depois fomos para o 1º sitio porque lá costuma ser bom no final da tarde mas o peixe emigrou para a fundura e não colaborou connosco.


Mas deu para dar gosto aos dedos do pouco peixe que foi apanhado pela malta, quando chegamos a terra estava a malta toda desanimada, porque lhes aconteceu o mesmo, mas no naval apareceu lá um barco com 3 pescadores em que nos mostrou uma lula que tinha mais de 1,20m, ficamos malucos a ver aquele enorme bicho ao pé.

Do pouco peixe que foi apanhado ainda deu para tirar a foto da praxe.


Cumprimentos

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

1ª Caçada do ano 2011

Hoje lá decidi ir fazer a primeira caçada do ano, mas ia só com a curiosidade de ver o que andava já pelo quintal do costume, entrei na agua pelas 9h30 estava óptima e com muita visibilidade, dirigi-me ate as pedras do costume para ver se lá estavam uns chocos para o jantar e encontrei mesmo logo dois num buraco, depois arranquei para fora ver se estava por lá polvos e estavam, mas eram muito pequenos e durante a caçada toda eram demais os polvos pequenos não passavam de 500g, visto não ter encontrado um polvo jeitoso arranquei paralelo a praia com intenção de encontrar mais chocos ou linguados, fui ate ao meio do caminho que estava em mente para fazer porque não via nada e voltei para trás mas um pouco ao largo consegui mais 2 chocos pelo caminho e quando estava a chegar vi um belo ratão e disparei na cabeça ele arrancou de repente e eu não estava a espera, levou-me a arma agarrado a ele, ai pensei logo a arma já foi e o peixe também, ai a uns 10 a 15m mais para o largo ele veio a superfície e vi-o a dar a barbatana e arranquei direito a ele e consegui agarrar a arma com muita força e traze-lo a reboque ate a praia mas sempre a fazer força para fora e eu para a praia foi uma bela luta (ehehehe) quando chego a praia digo a pessoa que estava comigo isto é um peixe para 3 a 5kg mas enganei-me porque quando cheguei a casa ele na balança marcou 8980kg, ao tentar mata-lo com a faca parti-a ao meio no cabo e antes de começar a despir para acabar a caçada aparece-me a policia marítima a fiscalizar o pescado e licença, mas estava tudo em ordem como normalmente está.





Deixo aqui uma receita para quem um dia apanhar um ratão e não o saiba como fazer.

Ratão de Pitau


Ingredientes (4 pessoas):

1 kg de ratão
1 dl de azeite
6 batatas
4 dentes de alho às rodelas
2 folhas de louro
sal e pimenta
2 colheres de sopa de colorau
2 colheres de sopa de bom vinagre

Confecção:

Limpe muito bem o ratão e lave-o em várias águas. Parta-o em pedaços. Leve o ratão ao lume num tacho com água e dê-lhe uma fervura. Escorra. Repita a operação com outra água. Escorra e reserve esta segunda água. Noutro tacho ponha azeite, as batatas aos quadrados, os dentes de alho e as folhas de louro. Adicione a água que reservou. Deixe cozer cinco minutos. Junte o ratão. Tempere de sal e pimenta. Polvilhe com colorau. Tape e deixe cozer em lume brando. Quando as batatas estiverem cozidas rectifique os temperos, refresque com um bom vinagre e sirva.

Cumprimentos

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Isca

Vou deixar aqui uma nova isca que conheci a pouco tempo que é conhecida por batata, tenho ouvido óptimos resultados com esta isca.


O seu formato e mesmo parecido com uma batata quando ficam murchas e são mais ou menos do tamanho de uma noz.


Cumprimentos

sábado, 15 de janeiro de 2011

1ª Embarcada do ano 2011

Este sábado lá deu uma aberta para podermos ir fazer uma embarcada mas com previsões de vaga com 3m e sem vento, começamos por ir fazer uma pescaria para os 60m mas sem sucesso pois ao fim de 45 minutos saímos logo desse local e fomos para a zona habitual naquela rica pedra, assim que chegamos ao nosso 2º destino sondamos logo bom peixe colado ao fundo e fundeamos, assim que foi as pesca iscadas para baixo saio logo parguetes, ai pensei logo “é pá mas o que é isto que nunca aconteceu, mas deixa ver o que isto dá”, a malta começou bem, e a sair muito peixe de seguida durante algum tempo ate que encostou as missangas todas e tivemos que abalar para outra zona da pedra e também estava muito peixe agarrado ao fundo, fundeamos e na primeira vez que foi as pescas iscadas para baixo sai novamente outro pargo, “incrível”, e acabou neste local acontecer o mesmo que no outro anterior ate que saímos para uma outra pedra e permanecemos lá pouco tempo porque o que estava na ideia era fazer o final de tarde na primeira pedra, porque lá é excelente para isso, e fizemos uma óptima opção, as missangas desapareceram e deram lugar ao bom peixe e acabou por dar mais alegria a malta e terminarmos com as geleiras compostas.
                            Nesta foto o fotografo nem esperou
                                                César
António


Cumprimentos

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

WORLD RECORD

Mais um recorde que pertence a um Português Tomás João Sousa Freitas com um belo peixe capturado a fazer caça submarina na Madeira, deixo aqui a hiperligação para verem.




http://www.iusarecords.com/display_record.php?id=463


Parabéns Tomás

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Chumbadas

Muitas vezes usar chumbadas com cor acabamos por obter excelentes resultados nas nossas pescarias ou não.


Existem muitas cores para as chumbadas como o vermelho, verde, branco, azul, amarelo, preto, etc. E também algumas revestidas com uma borracha florescente que emite um pouco de luz na fundura.

As vezes estão a pescar com chumbadas normais e a pesca está a ser má e ao mudarmos para uma chumbada com uma cor começa-se a sentir algum peixe, o resultado disso é que o peixe vai a curiosidade de ver o que é aquela cor e acaba por ver o isco, também quando o peixe não tem vontade de comer não há nada que resulte.

A chumbada que tem mais resultados de captura pela conversa de pescadores uns com os outros e a amarela, e uma cor alegre e viva que acaba por despertar o interesse e a curiosidade de qualquer peixe devido a sua cor, existem vários formatos e formas de chumbadas.


Cumprimentos

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Spinning sem sucesso

Ontem lá fui fazer um spinning para tentar a minha sorte num robalinho, mas o meu sucesso não foi lá muito bom, em 4 horas de spinning consegui ferrar 2 robalos o 1º deles foi mesmo á saída da água era já um belo robalo mas desferrou e lá foi ele o 2º foi 20m depois ferrou um pouco mais longe e desferrou-se também.


Ia cheio de fé mas depois disto fiquei logo desanimado, mas melhores dias virão.

Cumprimentos